Telefone: (21) 2617-6900

Aulas preparam para o mercado de animação

Curso no Estúdio Escola de Animação é voltado para jovens entre 16 e 24 anos

 

 

O sucesso de coproduções nacionais, como os filmes “Rio” e “Era do do Gelo”, atraiu atenções para o mercado de animação no país, que vem batendo recordes de lançamentos nos últimos dois anos. A primeira experiência com os desenhos animados, oferecida em curso gratuito no Estúdio Escola de Animação, pode dar início a uma trajetória profissional num mercado promissor. As inscrições estão abertas até o dia 10 e devem ser feitas pelo site www.estudioescola.com.br.

Segundo Zé Brandão, produtor de animação e coordenador pedagógico do curso, as aulas podem apontar caminhos para jovens que estão no momento de escolher uma carreira. “A animação brasileira completou 100 anos em 2017 e vive hoje seu melhor momento. Uma prova disso é que, no ano passado, o Festival Internacional de Annecy, o maior do mundo no gênero, homenageou a produção brasileira, cujos realizadores vêm ganhando prêmios no evento. A demanda por profissionais tende a crescer”, afirma ele.

As aulas serão realizadas entre os meses de maio e outubro, no Centro do Rio, com carga horária total de 180 horas. Não é preciso ter conhecimentos prévios para participar. “Todas as ferramentas utilizadas no mercado serão ensinadas durante as aulas”, acrescenta Brandão.

Em sala de aula, os alunos simulam a rotina em um estúdio profissional, onde irão aprender sobre os processos de concepção, roteirização e produção dos desenhos animados. O trabalho final será a criação de um curta-metragem de animação autoral.

Seleção será em duas etapas

O Estúdio Escola de Animação vai selecionar os alunos em duas etapas. Para participar do processo, é preciso ter entre 16 e 24 anos. Ser aluno de escola pública, estar matriculado no Ensino Médio ou integrar uma família de baixa renda são critérios levados em consideração para o preenchimento de vagas, caso haja empate entre candidatos.

Na primeira etapa, a direção do curso irá avaliar as repostas dos candidatos na ficha de inscrição e o desenho enviado pelo site da escola. Em seguida, os selecionados — cerca de 150 candidatos — passam por entrevistas com psicopedagogos, que irão avaliar comprometimento, interesse, aspectos socioemocionais e disponibilidade para as aulas. Realizado desde 2012 pelo Copa Studio e Baluarte Cultura, o projeto já formou 210 alunos.

fonte: https://odia.ig.com.br/economia/empregos-e-negocios/2019/04/5630854-aulas-preparam-para-o-mercado-de-animacao.html